PREÇO DA FELICIDADE #BEDA 06

agosto 06, 2017


Custa quanto ser feliz?

Pra mim custa menos do que possamos julgar ser caro. Óbvio que temos vários tipos e formas de felicidade e nem passei por 1/3 da que eu tenho direito na vida, felicidades pagas e gratuitas estão lado a lado, com sabores diferentes, com jeitos diferentes, mas a maioria marca a gente de alguma forma. Marcas como tatuagens, que espelham algo que faz parte de nossa vida. 
Muitas vezes nos limitamos a sermos felizes por medo ou por não se achar merecedor de felicidade. Será mesmo? Claro que não, todos temos esse direito. 

Vale ressaltar que os momentos contam muito, de maneira que alguns são expressados pela maravilhosa caixa de felicidade - a INTERNET - e outros até esquecem o registro e simplesmente: V-I-V-E-M!

A encargo de experiência, tive um domingo inexplicável, diferente, divertido e incrível, que me deu um gás para semana que começa e revigorei a caixinha do "bate-bate" com um retorno de amor e a necessidade das pessoas em ter meu amor, minha atenção e sabe quanto grande eu me senti? 

Me senti maior, mais forte, mais linda, mais poderosa, mais feliz, mais alegre, mais entusiasmada, mais encantada... me senti mais EU.


Sério, tá salvo no meu coração tudo o que senti e nos registros digitais, para não apagar das minhas vistas e nem sua, que acompanha aqui. 

Obrigada por estar aqui todo dia e se é sua primeira visita, deixe um comentário.


Beijos de luz e paz,


Sua amiga Hed


You Might Also Like

0 comentários